Cioeste viabiliza compra de medicamentos em conjunto para cidades

genericos

Entre as vantagens da associação de municípios a partir de um consórcio intermunicipal, como o Cioeste, está a possibilidade de viabilizar projetos compartilhados entre diferentes cidades e, desta forma, ampliar a eficiência da gestão pública. Isso acontece porque, além de ser um espaço para articulação e planejamento de soluções regionais que apresentem resultados eficientes para as cidades participantes, o consórcio também pode contratar, licitar, realizar obras e captar recursos fora do país para implementar programas que garantirão o desenvolvimento da região como um todo.

Com a instituição de um programa de licitações compartilhadas, os municípios que integram o Cioeste (Araçariguama, Barueri, Carapicuíba, Cotia, Itapevi, Jandira, Osasco, Pirapora do Bom Jesus, Santana de Parnaíba e Vargem Grande Paulista) passaram a ter a oportunidade de participar de melhores negociações nas compras públicas. A primeira licitação regionalizada foi a de medicamentos para o sistema de atendimento básico, que garantiu uma redução de 45% nos preços destes produtos.

Pela primeira vez no Estado de São Paulo, diferentes cidades compraram medicamentos em conjunto, e este é apenas um dos projetos protagonizados pelo Cioeste, que têm tornado possível ainda uma série de acordos com organizações internacionais.

Informações: Revista do Cioeste