Prefeituras da região Cioeste se unem para a criação do CAPS AD Regional

CAPS AD

Os municípios que compõem o Consórcio Intermunicipal da Região Oeste Metropolitana (Cioeste) têm enfrentado dificuldades para realizar o tratamento de dependentes químicos de toda a região. Dessa forma, as prefeituras estudam a construção em conjunto de um centro de tratamento a estes usuários, para sanar o problema dos moradores.

A implantação do Centro de Reabilitação público, está prevista para acontecer na cidade de Araçariguama, e pretende receber os pacientes encaminhados pelos sistemas de saúde de todos os municípios que integram o consórcio, beneficiando toda a população regional.

Durante a assembleia de prefeitos do Cioeste que ocorreu na última quinta-feira (15), entre outros assuntos apresentados, foi discutido a ampliação dos leitos de internação dos hospitais da região, ações para a área de resíduos ambientais e também a importante obra do Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas (CAPS AD) Regional. Todas as pautas tratadas na reunião já saíram com encaminhamentos.

A realização de serviços para população em conjunto não é novidade no grupo. Desde o final do ano passado funciona a Casa Abrigo, que recebe mulheres vítimas de violência doméstica que precisam de acolhimento temporário e são encaminhadas pelos serviços sociais dos municípios. A localização da Casa Abrigo é mantida em sigilo, para garantir a segurança das mulheres e suas famílias. Ela é mantida por uma ONG e os custos são divididos entre as administrações.

O Cioeste é formado pelos municípios de Araçariguama, Barueri, Carapicuíba, Cotia, Itapevi, Jandira, Osasco, Pirapora do Bom Jesus, Santana de Parnaíba e Vargem Grande Paulista, e responde por uma região que conta com aproximadamente 3 milhões de habitantes.

Sem categoria