Municípios da região Cioeste estão entre as cidades com maior potencial de desenvolvimento do Brasil

Ranking Connected Smart Cities

Divulgado na terça-feira (17), durante a 5º edição nacional, o Ranking Connected Smart Cities aponta em seu levantamento anual Barueri, Jandira, Cotia, Santana de Parnaíba e Osasco entre as cidades com maior potencial de desenvolvimento do Brasil. As 5 cidades fazem parte dos 10 integrantes do Cioeste.

O Ranking Connected Smart Cities, realizado pela Urban Systems, em parceria com a Sator, é o mais importante levantamento sobre as cidades brasileiras. Ele mapeia todas as cidades com mais de 50 mil habitantes (666 municípios) com o objetivo de definir os municípios mais inteligentes, humanos e sustentáveis. Desta maneira, a pesquisa é composta por 70 indicadores, tendo 11 como os principais, são eles: mobilidade, urbanismo, meio ambiente, tecnologia e inovação, economia, educação, saúde, segurança, empreendedorismo, governança e energia.

A cidade de Barueri está presente entre as primeiras 50 posições de 4 indicadores de desempenho, entre eles o “levantamento geral” das 666 cidades mensuradas, onde ocupou a 19º posição, estando a frente, inclusive, de algumas das principais capitais do país. Ocupando também a 11º colocação em “governança e economia”, medidor que leva em conta a escolaridade do prefeito, FIRJAN, escala Brasil transparente e conselhos municipais. O destaque de Barueri vai para o quesito “economia” onde ganhou o 1º lugar, esse indicador mede o PIB per capita, a renda média dos trabalhadores, o crescimento empresarial, o crescimento dos empregos formais, e empregos independentes do setor público, a taxa da empregabilidade e as receitas não oriundas de transferências.

O indicador de “tecnologia e informação” possui 3 cidades da região Cioeste em suas primeiras colocações, primeiro Barueri ocupando a 26º, Santana de Parnaíba na 42º e Osasco na 49º posição. O medidor levou em conta conexões de banda larga com mais de 34 MB, municípios com backhaul de fibra ótica, cobertura 4G, trabalhadores com ensino superior, acessos no serviço de comunicação multimídia, patentes e bolsas CNPQ.

Jandira ficou com a 13º posição em um importante indicador, “segurança” que analisou os seguintes setores da cidade: taxa de homicídios, acidentes de trânsito, despesas municipais com segurança e quantidade de policiais, guarda-civis municipais e agentes de trânsitos. Cotia foi apontada com 24º colocado no medidor “urbanismo”, esse, que levou em conta a lei sobre zoneamento ou uso e ocupação do solo, a lei sobre operação urbana consorciada, a lei de plano diretor estratégico municipal, as emissões de certidão negativa de débito e alvará no site da prefeitura, todas as vias pavimentadas e também a despesa municipal com urbanismo.

Sem categoria