cotia

Integrante do Cioeste está entre melhores cidades para se viver no país

Um dos dez municípios que integram o Cioeste (Consórcio Intermunicipal da Região Oeste Metropolitana de São Paulo), Cotia está entre as 100 melhores cidades do Brasil para se viver, de acordo com o Índice Firjan, que leva em consideração indicadores ligados a educação, saúde, emprego e renda.

Suas características ambientais a colocam em posição de destaque em relação a qualidade de vida. Divulgado recentemente, o Índice de Desenvolvimento Urbano para Longevidade (IDL) projetou o município entre as 150 cidades brasileiras que oferecem melhores condições para pessoas da terceira idade viverem.

Com aproximadamente 325 quilômetros quadrados, Cotia possui 237 mil habitantes e abriga a Reserva Florestal do Morro Grande, um dos grandes expoentes de Mata Atlântica no Estado de São Paulo. Com PIB acima de R$ 10 bilhões, destaca-se entre as 100 cidades mais ricas do Brasil e responde por 1% do PIB de toda a região metropolitana paulista.

Considerados em conjunto, fatores como mobilidade, urbanismo, meio ambiente, energia, tecnologia, inovação, economia, saúde e segurança garantiram ao município a 80ª posição entre as 100 cidades mais inteligentes e conectadas do Brasil, no estudo Connected Smart Cities, realizado pela Urban Systems.

concurso-Araçariguama-1

Araçariguama celebra aniversário com atrações musicais e ‘corrida da emancipação’

O município de Araçariguama, um dos integrantes do Cioeste (Consórcio Intermunicipal da Região Oeste Metropolitana de São Paulo), comemora 26 anos de emancipação político-administrativa neste sábado (19/05). Para celebrar o aniversário, a cidade contará com shows, casamento comunitário, sessão solene e uma ‘corrida da emancipação’.

Uma série de atrações tem sido realizada no município ao longo do mês de maio. Na semana do aniversário, um dos eventos de comemoração será o Baile da Emancipação, realizado nesta sexta (18/05), às 22h, no Ginásio dos Campeões. A festa terá a presença da banda Lex Luthor.

Já no sábado, quando a data é celebrada oficialmente, haverá uma sessão solene na Câmara Municipal de Araçariguama, às 16h, além do show de aniversário, protagonizado pela banda Fulô de Mandacaru, às 20h. A apresentação acontece na Praça Albertino de Castro Prestes, também conhecida como Praça da Matriz.

Para fechar a semana, será realizado, no domingo (20/05), um casamento comunitário no Ginásio dos Campeões, às 14h.

Mas não para por aí. A cidade terá também uma ‘corrida da emancipação’, que acontecerá no dia 27 de maio, a partir das 7h, e contará com percursos de seis a nove quilômetros pelas ruas do município, tendo como ponto de largada e chegada a Praça da Matriz. Clique aqui para conferir o regulamento e realizar a sua inscrição.

Reúna a família e aproveite a programação.

Corpus Christi 2017 (2)

Pirapora do Bom Jesus mantém tradições religiosas no Corpus Christi

A programação preparada pela Prefeitura de Pirapora do Bom Jesus – um dos municípios que integram o Cioeste – para o feriado do Corpus Christi contará com missas, procissão, tapetes pelas ruas do centro da cidade, além de feira gastronômica. As celebrações acontecem no próximo dia 31 de maio.

A cidade se destaca durante esta data pelos belos tapetes que são confeccionados em suas ruas. A tradição de enfeitar as vias com estas peças para a passagem da procissão teve início em Ouro Preto, Minas Gerais, mas também se consolidou em Pirapora do Bom Jesus, onde toda a população se mobiliza para ajudar na decoração.

Neste ano, serão dispostos sobre as ruas 50 tapetes coloridos, confeccionados a partir de diversos materiais. Assim, haverá 650 metros de tapetes espalhados pelo município. As missas solenes acontecem às 8h, 10h e 12h, no Santuário Diocesano do Senhor Bom Jesus. Já a procissão começa às 16h.

Os piraporanos e visitantes poderão aproveitar ainda a Feira Gastronômica Master Chef’s.

Corpus Christi
 
O Corpus Christi acontece 60 dias após a Páscoa e tem como finalidade celebrar o sacramento da eucaristia, que representa o corpo e o sangue de Jesus Cristo. A celebração foi instituída pelo Papa Urbano IV, no ano de 1264.

A procissão por vias públicas durante o evento atende a uma recomendação do Código de Direito Canônico, que determina que o bispo diocesano deve providenciá-la onde for possível para que a veneração à eucaristia seja testemunhada publicamente.

baruerr-800x430

Cidade que integra o Cioeste é a melhor do Brasil para negócios

A gestão moderna e eficiente de Barueri é uma referência em todo o país, fazendo com que o município seja modelo em aspectos como desenvolvimento social, infraestrutura e cenário econômico promissor.

Integrante do Cioeste (Consórcio Intermunicipal da Região Oeste Metropolitana de São Paulo), a cidade está na 16ª posição no ranking dos municípios mais ricos do país (IBGE, 2015), além de ter sido eleita por dois anos consecutivos como a melhor cidade do Brasil para se fazer negócios, a partir de um levantamento divulgado pela consultoria Urban Systems, a pedido da Revista Exame.

A desburocratização no processo de abertura de novas empresas e negócios, com liberação de alvarás pela internet, está entre as razões de Barueri ser uma das cidades brasileiras mais recomendadas para novos investimentos.

Em 2017, o número de empresas registradas no município superava os 17 mil, e o montante investido na região ficava na marca dos R$ 4 bilhões. Estava em processo ainda a instalação de novas empresas de grande porte.

A ampla oferta de cursos técnicos profissionalizantes na cidade, que conta com quase 300 mil habitantes, faz com que se destaque por produzir mão de obra especializada e apareça positivamente nos indicadores nacionais.

O fato de agregar inteligência e tecnologia em prol da solução de desafios de mobilidade, economia, educação, meio ambiente e outros segmentos fez também com que se sobressaísse no ranking Connected Smart Cities, elaborado pela Urban Systems, em que se apresentou como a 13ª cidade mais inteligente do Brasil.

Informações: Revista do Cioeste

cioeste post

Conheça os projetos integrados do Cioeste

Há uma série de projetos integrados em andamento no Cioeste (Consórcio Intermunicipal da Região Oeste Metropolitana de São Paulo). A finalidade destas iniciativas é gerar oportunidades de desenvolvimento conjunto aos municípios que fazem parte do consórcio. Atualmente, são eles Araçariguama, Barueri, Carapicuíba, Cotia, Itapevi, Jandira, Osasco, Pirapora do Bom Jesus, Santana de Parnaíba e Vargem Grande Paulista.

Entre as iniciativas comuns, está o sistema integrado de alerta da Defesa Civil para emergências e desastres. A proposta é criar uma rede de apoio para situações de crise e relacionadas a incidentes naturais, que poderá ser ativada com agilidade e eficiência. Os acordos com o Governo do Estado já tiveram início.

Outros projetos em andamento são a implantação de uma Casa Abrigo regional para acolher mulheres vítimas de violência doméstica; a criação de um Sistema de Destinação Regional para Resíduos da Construção Civil; a implementação de um Sistema Regional de Produção de Biodiesel; a instalação de Residências Terapêuticas; a criação de Centros de Incubação; e o desenvolvimento do Parque Tecnológico Regional.

Crescimento regional

De 2015 a 2017, as cidades que integram o Cioeste viram a sua participação no PIB nacional passar de 2,3% para 3%. A região do consórcio virou referência nacional para empresas de tecnologia da informação e gerou milhares de novos empregos, abertos em diversas áreas.

Informações: Revista do Cioeste

31961719_2179275588970232_3216243941296832512_n

Cioeste estabelece parceria de negócios com cidade da Polônia

O presidente do Cioeste (Consórcio Intermunicipal da Região Oeste Metropolitana de São Paulo), Elvis Cezar, assinou nesta segunda-feira (7/05) um Memorando de Entendimento com a cidade de Bielsko-Biała, na Polônia, a fim de gerar uma plataforma de negócios entre empresários brasileiros, dos municípios que fazem parte do consórcio, e poloneses.

O encontro bilateral teve início hoje com o encontro de autoridades na cidade europeia, onde o MoU foi celebrado para incentivar a cooperação entre as regiões.

Foto: IUC LAC
Foto: IUC LAC

Segundo o presidente do Cioeste, a parceria proporcionará para os dois lados “uma plataforma para gerar emprego, renda e receita e, assim, melhorar a qualidade de vida das pessoas”.

O acordo foi possível graças ao Programa Internacional de Cooperação Urbana entre países da União Europeia e da América Latina e Caribe (IUC LAC). Ele mostra mais uma vez a capacidade de articulação do Cioeste, que ampliou uma série de cooperações internacionais e acordos nos últimos anos, com a finalidade de fomentar o desenvolvimento econômico e a troca de experiências nos municípios que fazem parte do consórcio.

capacitação

Cioeste promove capacitação de servidores municipais

Localizada em Barueri, a sede do Cioeste (Consórcio Intermunicipal da Região Oeste Metropolitana de São Paulo) tem mais da metade de seu espaço dedicada à capacitação de servidores públicos municipais e eventos voltados a estes profissionais.

Os técnicos não só se reúnem periodicamente para compartilhar propostas relacionadas a soluções de gestão, como também têm a oportunidade de participar de treinamentos fornecidos por organismos nacionais e internacionais.

Mais de 500 servidores já passaram por cursos e oficinas de capacitação realizados na sede do Cioeste, com direito a certificados, para que se atualizem continuamente e contribuam com a melhoria da gestão pública.

Compartilhamento de ideias

Tendo como inspiração a tendência mundial de compartilhamento de projetos, o Cioeste estruturou o primeiro banco de boas práticas municipais e consorciadas, que poderá servir como modelo para cidades e consórcios em todo o país. A iniciativa surgiu no primeiro Fórum Gestão Municipal de Impacto, evento que reuniu 27 prefeitos da região.

Informações: Revista do Cioeste

genericos

Cioeste viabiliza compra de medicamentos em conjunto para cidades

Entre as vantagens da associação de municípios a partir de um consórcio intermunicipal, como o Cioeste, está a possibilidade de viabilizar projetos compartilhados entre diferentes cidades e, desta forma, ampliar a eficiência da gestão pública. Isso acontece porque, além de ser um espaço para articulação e planejamento de soluções regionais que apresentem resultados eficientes para as cidades participantes, o consórcio também pode contratar, licitar, realizar obras e captar recursos fora do país para implementar programas que garantirão o desenvolvimento da região como um todo.

Com a instituição de um programa de licitações compartilhadas, os municípios que integram o Cioeste (Araçariguama, Barueri, Carapicuíba, Cotia, Itapevi, Jandira, Osasco, Pirapora do Bom Jesus, Santana de Parnaíba e Vargem Grande Paulista) passaram a ter a oportunidade de participar de melhores negociações nas compras públicas. A primeira licitação regionalizada foi a de medicamentos para o sistema de atendimento básico, que garantiu uma redução de 45% nos preços destes produtos.

Pela primeira vez no Estado de São Paulo, diferentes cidades compraram medicamentos em conjunto, e este é apenas um dos projetos protagonizados pelo Cioeste, que têm tornado possível ainda uma série de acordos com organizações internacionais.

Informações: Revista do Cioeste

acordo

Conheça os mais de 10 acordos internacionais firmados pelo Cioeste

O Cioeste (Consórcio Intermunicipal da Região Oeste Metropolitana de São Paulo) ampliou uma série de cooperações e acordos internacionais nos últimos anos, a fim de propiciar a promoção de negócios, o desenvolvimento econômico e a troca de experiências nos municípios que integram o consórcio (Araçariguama, Barueri, Carapicuíba, Cotia, Itapevi, Jandira, Osasco, Pirapora do Bom Jesus, Santana de Parnaíba e Vargem Grande Paulista).

Para garantir novas oportunidades a estas cidades, houve um investimento em diagnósticos modernos e soluções alinhadas às estratégias mais eficientes de gestão existentes hoje. O Cioeste celebrou também mais de dez parcerias com organismos internacionais, com a finalidade de atrair investimentos e novas tecnologias, promovendo o desenvolvimento regional. Os principais acordos foram realizados junto aos órgãos apresentados a seguir.

ACCIO – Agência de Desenvolvimento da Catalunha

Acordo de Cooperação com IUC – International Urban Corporation (Missão Econômica Europeia)

LEDS LAC e LEDS GP – acordos para desenvolvimento econômico limpo

Carbon Disclosure Project – ações de mitigação de mudanças climáticas

SP Convention Bureau – desenvolvimento do turismo

PNUD – Programa de Desenvolvimento das Nações Unidas (ODS)

BID – Banco Interamericano de Desenvolvimento (Sistema Regional de Biodiesel)

CAF – Banco de Desenvolvimento da América Latina, parceria para redução da vulnerabilidade regional

Mercociudades – acordo para desenvolvimento econômico

Frente Nacional de Prefeitos – PMAT e Ruas Completas

AMAL – Associação dos Municípios do Algarve

LIPOR – Associação dos Municípios da Região Metropolitana do Porto e resíduos do Nordeste

rodovia-735x400

Prefeitos buscam a viabilização de obras na Castello Branco

Um levantamento da CCR Viaoeste apontou que 2,5 milhões de pessoas utilizam a Rodovia Castello Branco todos os dias para ir ao trabalho, estudar ou se deslocar para atividades de lazer. Outra via que apresenta um volume intenso de tráfego é a Raposo Tavares, por onde passam mais de 185 mil veículos diariamente. O principal desafio do Cioeste (Consórcio Intermunicipal da Região Oeste Metropolitana de São Paulo) é buscar novos investimentos, inclusive junto ao Governo do Estado de São Paulo, para tornar mais fluido o tráfego regionalmente.

Entre as propostas do consórcio para melhorar a estrutura viária da região, está a extensão das marginais da Rodovia Castello Branco – dos quilômetros 23 ao 27 -, com pontes, trevos e novo acesso para Osasco. A finalidade do projeto é gerar maior fluidez no trânsito e impulsionar o desenvolvimento sustentável dos municípios.

Desta forma, uma das metas do Cioeste diz respeito ao desenvolvimento de um plano regional integrado de mobilidade urbana. Para torná-lo possível, pautas relacionadas a questões como trânsito e transporte são sempre discutidas prioritariamente, de modo que tracemos soluções para reduzir o congestionamento e privilegiar a circulação de veículos e pedestres.

O Cioeste é formado por dez municípios (Araçariguama, Barueri, Carapicuíba, Cotia, Itapevi, Jandira, Osasco, Pirapora do Bom Jesus, Santana de Parnaíba e Vargem Grande Paulista) e acredita que investir em mobilidade é imprescindível para desenvolver seu potencial socieconômico.

Fonte: Revista do Cioeste