13 de junho de 2017

Municípios do Cioeste preparam celebração para o feriado de Corpus Christi

Tapetes estendidos pelas ruas do centro da cidade, missas, procissão e feira gastronômica farão parte da celebração pelo feriado de Corpus Christi do município de Pirapora do Bom Jesus, um dos principais destinos religiosos do Estado de São Paulo. Os preparativos para a festa já estão em fase final.

A programação do evento, que acontece nesta quinta-feira (15/06), terá missas solenes no Santuário Diocesano do Senhor Bom Jesus, às 10h e às 16h. Após a cerimônia religiosa das 16h, acontece a procissão pelas ruas do centro da cidade, onde estarão dispostos belos tapetes confeccionados especialmente para a ocasião.

Enfeitar as ruas com tapetes para a passagem da procissão – prática que teve início na cidade de Ouro Preto, em Minas Gerais – tornou-se tradição em Pirapora do Bom Jesus, onde a confecção dos tapetes é realizada graças à participação de toda a comunidade local. Os 50 tapetes coloridos produzidos, a partir de materiais diversos, irão se estender por 650 metros pelas vias da cidade neste ano.

thumbnail_corpus_christi_03 227

Outra atração que marcará o feriado religioso no município paulista será a Feira Gastronômica Master Chef’s, realizada pelo quarto ano consecutivo. A feira terá comidas típicas tanto do Brasil quanto de outros países, assim como vinhos e cervejas artesanais.

corpus_christi_03 215

Santana de Parnaíba

As celebrações durante o feriado de Corpus Christi também acontecem no município de Santana de  Parnaíba, que, assim como Pirapora, tem a confecção de tapetes nas ruas como tradição. Na cidade, a confecção terá início a partir das 6h desta quinta.

Além disso, missas serão celebradas na Igreja Matriz Santa Ana às 8h30, 10h30, 12h e 15h. A cerimônia das 15h será seguida de uma procissão pela cidade.

Corpus Christi

O Corpus Christi acontece 60 dias após a Páscoa e tem como finalidade celebrar o sacramento da eucaristia, que representa o corpo e o sangue de Jesus Cristo. A celebração foi instituída pelo Papa Urbano IV, no ano de 1264.

A procissão por vias públicas durante o evento atende a uma recomendação do Código de Direito Canônico, que determina que o bispo diocesano deve providenciá-la onde for possível para que a veneração à eucaristia seja testemunhada publicamente.

Fotos: Rafael Pacheco

Conselho de Desenvolvimento Metropolitano elege Doria para presidente e Elvis Cezar para vice

O Conselho de Desenvolvimento da Região Metropolitana de São Paulo elegeu como presidente, na última segunda-feira (5/06), o prefeito da cidade de São Paulo, João Doria, que passa a ocupar o posto que pertencia anteriormente ao prefeito do município de Santana de Parnaíba, Elvis Cezar, eleito para assumir a vice-presidência do conselho no novo mandato.

Também presidente do Cioeste (Consórcio Intermunicipal da Região Oeste Metropolitana de São Paulo), Elvis Cezar foi apoiado por prefeitos de todas as regiões da Metrópole, em uma reunião de prefeitos com quórum notável e representatividade inédita dos municípios.

cioeste2

O evento que marcou as nomeações aconteceu na Praça das Artes, na capital paulista. A mesa diretora foi formada por Clodoaldo Pelissioni, secretário estadual de Transportes Metropolitanos; Julio Semeghini Neto, secretário de Governo do município de São Paulo; Samuel Moreira, secretário da Casa Civil do Governo do Estado; Edmur Mesquita, subsecretário de Assuntos Metropolitanos; Luiz José Pedretti, presidente da Emplasa (Empresa Paulista de Planejamento Metropolitano S.A); Elvis Cezar, atual vice-presidente do conselho; e João Dória, novo presidente do conselho.

A finalidade principal do Conselho de Desenvolvimento da Região Metropolitana de São Paulo consiste na viabilização de políticas públicas regionais e projetos integrados entre diferentes setores e os três níveis de governo, considerando campos funcionais como: habitação, atendimento social, desenvolvimento econômico, meio ambiente, saneamento ambiental e planejamento e uso do solo.

cioeste3

Com 22 milhões de habitantes, a Região Metropolitana de São Paulo é o maior polo de riqueza do país, com Produto Interno Bruto (PIB) que corresponde a 18% do total nacional.

Fotos: João Guerra