loading

Município de Carapicuíba celebra os 437 anos da Aldeia Jesuítica


Integrante do Cioeste (Consórcio Intermunicipal da Região Oeste Metropolitana de São Paulo), o município de Carapicuíba celebra neste mês o aniversário de 437 anos de seu principal patrimônio histórico, a Aldeia Jesuítica. As comemorações na cidade, que faz parte do novo Mapa das Regiões Turísticas do Governo do Estado de São Paulo, acontecem nesta quinta-feira (12/10) e se estendem à população.

A partir das 9h, o bispo diocesano Dom Frei João Bosco se juntará aos padres da região para celebrar uma missa homenageando o aniversário da aldeia e o Dia de Nossa Senhora Aparecida, celebrado também nesta quinta.

Acontece ainda, após a cerimônia religiosa, a assinatura de um acordo de cooperação, entre a Prefeitura de Carapicuíba e a Comunidade Santa Catarina, que visa promover a abertura diária da igreja localizada na Praça da Aldeia, em horário comercial, a fim de estimular a sua visitação.

Depois de passar a integrar a relação de cidades recomendadas como destinos turísticos para serem conhecidos no Estado, o município elabora agora o seu Plano Municipal de Turismo, necessário para a obtenção do título oficial de Município de Interesse Turístico (MIT).

História

O centro histórico da cidade de Carapicuíba abriga uma das doze aldeias fundadas pelo padre José de Anchieta, por volta de 1580, quando o religioso espanhol chegou a São Paulo. O espaço se tornou um reduto do passado e da cultura indígenas.

O padre criou as aldeias, nas redondezas do Mosteiro de São Bento, a fim de catequizar os índios e mantê-los protegidos da escravidão. Situada a 20 quilômetros do centro de São Paulo, a Aldeia de Carapicuíba é a única que não foi destruída dentre as doze. Considera-se que a sua fundação oficial ocorreu em 12 de outubro de 1580.

Comments are disabled.