araçariguama

Município de Araçariguama passa a integrar o Cioeste

O município de Araçariguama é o mais recente integrante do Cioeste (Consórcio Intermunicipal da Região Oeste Metropolitana de São Paulo).

Conhecida como “O Portal do Interior”, a cidade está localizada a 61 quilômetros de São Paulo e faz parte do Roteiro dos Bandeirantes, um percurso utilizado pelos homens que desbravavam o interior paulista. O turismo em Araçariguama está bastante relacionado à história do município.

O surgimento da cidade se deu após o Capitão-Mor de São Paulo e Piratininga, Affonso Sardinha, identificar a presença de ouro de lavagem na região onde atualmente está situado o município. A notícia atraiu fazendeiros e bandeirantes ao local com o passar dos anos, que estebelceram residência por lá.

Em 1926, a empresa Saint George Gold Mine adquiriu o direito de explorar a mina de ouro de Araçariguama, de onde eram retirados 45 quilos de minério por mês. Diante disso, oito anos depois, Getúlio Vargas – então presidente do Brasil – decretou a lacragem da mina por desvio de minérios.

A mina de Araçariguama está entre as primeiras do país e atualmente é abordada por estudiosos pela importância histórica que carrega e pelo valor de seu sítio geológico.

Progresso

Em 1962, houve a construção da Rodovia Castelo Branco, durante o governo de Ademar de Barros, denominada na época “Autoestrada do Oeste”. A finalidade da construção, considerada naquela década a maior rodovia da América Latina, era abrir um novo caminho em direção a Mato Grosso e Paraná, fato que trouxe expectativas de progresso e esperança de desenvolvimento à população de Araçariguama.

Agora, o município passa a fazer parte do maior consórcio intermunicipal do país, junto às cidades de Barueri, Carapicuíba, Cotia, Itapevi, Jandira, Osasco, Pirapora do Bom Jesus, Santana de Parnaíba e Vargem Grande Paulista.