loading

budismo

Visite o maior templo budista da América Latina, localizado em Cotia

O maior templo budista da América Latina está situado em Cotia, um dos municípios que integra o Cioeste (Consórcio Intermunicipal da Região Oeste Metropolitana de São Paulo). Ocupando um terreno de 150 mil metros quadrados, o Templo Zu Lai é um destino cuja visitação é válida mesmo para quem não é adepto do budismo.

Com uma vasta área verde, o espaço proporciona uma imersão na cultura budista, despertando a atenção por sua bela arquitetura, assim como pelas diversas esculturas que apresenta. O templo é como um refúgio zen, cercado por natureza, ideal para nos desligarmos de preocupações e relaxarmos.

templo 5

Os ambientes de meditação presentes no templo remetem à estética dos palácios chineses, sendo que o destaque da sala principal é uma escultura de Buda feita de jade. Ligado ao Monastério Fo Guang Shan, o espaço tem como finalidade divulgar o budismo por meio de educação, cultura, filantropia e purificação espiritual.

Ao longo da visita, é possível se deparar com pessoas que estão hospedadas temporariamente no local por conta de retiros de meditação. Os visitantes também podem atirar moedas em uma fonte dos desejos, acender incensos para seus antepassados, assim como escrever pedidos em papéis e pendurá-los em árvores.

Geralmente, a sala de cerimônia principal conta com a presença de voluntários, que abordam com os visitantes alguns dos princípios da cultura budista, assim como as boas práticas incentivadas no interior do templo.

templo 3

A visita tem entrada e estacionamento gratuitos e é ótima para ser realizada em família. Jardins com estátuas de monges, cinerário, livraria, loja – com artigos ligados à cultura budista -, cafeteria e restaurante vegetariano fazem parte do passeio. O restaurante é aberto ao público somentes aos sábados, domingos e feriados, das 12h às 14h30.

Além disso, diversas atividades culturais e religiosas são realizadas no templo, como cursos, palestras e retiros. A programação está disponível no site do espaço.

História

O venerável mestre budista Hsing Yün, reconhecido pela trabalho humanitário que desenvolve mundialmente, esteve no Brasil em 1992, para participar de uma cerimônia religiosa. Na ocasião, um discípulo perguntou sobre a possibilidade de ele deixar um monge de sua comitiva no país, que pudesse continuar transmitindo os seus ensinamentos.

Templo Zu Lai em Cotia

Templo Zu Lai em Cotia

Após a monja Jue Cheng – que recebeu posteriormente o nome de Mestra Sinceridade – se dispor a ficar, o discípulo que fez o pedido ao mestre Hsing Yün doou uma casa, em um sítio, para a realização dos trabalhos. O espaço, então, passou a receber cerimônias, cultos e ritos.

Em 1996, com um número de seguidores superior a 100, o espaço precisou ser ampliado. Uma reforma foi realizada, mas, como o local ainda não tinha condições para abrigar seguidores, foi decidida a construção de um templo maior.

Para inteirar os arquitetos brasileiros envolvidos no projeto a respeito da arquitetura de um templo, a Mestra Sinceridade levou uma equipe à China, a fim de apresentar os templos da Dinastia Tang.

Três anos depois, houve o lançamento da pedra fundamental do Templo Zu Lai. Contudo, as telhas e o parapeito do local precisavam ser importados da China, pois não havia quem realizasse este trabalho no Brasil. Desta forma, os recursos não foram suficientes para que a obra tivesse início, e a inauguração do espaço foi adiada para outubro de 2003.

Templo Zu Lai

Estrada Fernando Nobre, 1461.

(Acesso pelo Km 28,5 da Rodovia Raposo Tavares)

CEP 06705-490. Cotia – São Paulo – Brasil

Horário de funcionamento

Terça à sexta-feira: das 12h às 17h.

Sábados, domingos e feriados: das 9h às 17h.

Cerimônias dominicais às 10h.