loading

campanha aedes aegypti

Campanha #StrikeAedes chega ao fim, mas jogo continua disponível

Após cinco meses de ações contínuas para despertar o engajamento de adolescentes e jovens quanto ao combate contra o mosquito Aedes aegypti – transmissor de doenças como dengue, zika, chikungunya e, em áreas urbanas, febre amarela -, a campanha #StrikeAedes chegou ao fim. Mas, não se preocupe, pois no final do ano ela estará de volta. Afinal, é no verão que a proliferação do mosquito costuma ser mais intensa e as campanhas de conscientização, ainda mais necessárias.

Uma iniciativa do Cioeste (Consórcio Intermunicipal da Região Oeste Metropolitana de São Paulo), a campanha vem sendo realizada desde o fim do mês de novembro de 2016. Seu carro-chefe é um game educativo para smartphones, que consiste em um quiz com mais de mil perguntas, abordando as mais diversas áreas do conhecimento, com atenção especial para o enfrentamento ao Aedes aegypti. Desta forma, as perguntas contemplam métodos de prevenção contra o inseto, as características das doenças que transmite, o modo como se reproduz e os perigos de sua proliferação.

A cada semana, aqueles que se destacavam no ranking do game eram contemplados com prêmios especiais, desde que residissem nos municípios que integram o Cioeste (Barueri, Carapicuíba, Cotia, Itapevi, Jandira, Osasco, Pirapora do Bom Jesus e Santana de Parnaíba). O desafio apresentado pelo jogo e, claro, a premiação despertaram uma competição saudável entre os jogadores, sendo que todas as cidades do consórcio tiveram seus ganhadores: adultos e jovens de todos os gêneros e classes sociais.

Rodadas ao vivo do game, em que, ao responder a questões do quiz, aqueles que apresentavam um bom desempenho ganhavam prêmios – como camisetas e ingressos de cinema –tornaram-se uma constante ao longo da campanha, durante visitas de nossa equipe a escolas e ONGs nos municípios do Cioeste. Isso porque professores que entraram em contato com o jogo acharam a iniciativa interessante e apresentaram a brincadeira para seus alunos e escolas.

A campanha – que chegou a alcançar mais de 300 mil pessoas a partir das mídias sociais – terá agora uma pausa, o que significa que não haverá mais premiações àqueles que se destacarem no game ou ações para divulgação da iniciativa. Contudo, o jogo continuará disponível para download – tanto no Google Play quanto na App Store – e todos os interessados podem baixá-lo e se divertir enquanto testam os seus conhecimentos gerais.

Agradecemos pela participação de todos os jogadores. Continuem jogando e não deixem de acompanhar as redes sociais da campanha #StrikeAedes, pois em breve ela estará de volta, mais divertida e com vários prêmios!

Estudantes de Barueri se inspiram na campanha #StrikeAedes para trabalho escolar

A equipe da campanha #StrikeAedes esteve na Emeief Prof. João Tibúrcio Silva Filho, em Barueri, na última sexta-feira (31/03). Os estudantes do colégio, que já haviam sido apresentados à iniciativa por meio de sua professora de inglês – Denise Baptista –, tiveram a oportunidade de participar de uma rodada ao vivo do game play educativo #StrikeAedes, um Super Quiz para smartphones.

A escola possui um projeto pedagógico de interação entre as disciplinas lecionadas, e a campanha chegou a influenciar o planejamento das aulas. Deste modo, os alunos realizaram um trabalho sobre o combate ao mosquito Aedes aegypti, que foi exposto na sala de vídeo do colégio.

17522787_1865000893770037_2371910367176901456_n

Atividade

Durante a atividade realizada pela equipe da campanha na escola, os estudantes foram convidados a responder perguntas sobre história, geografia, literatura, música, futebol e, claro, questões a respeito do combate ao Aedes aegypti, transmissor de doenças como dengue, zika, chikungunya e, em centros urbanos, febre amarela.

IMG_0249

A professora Denise Baptista conheceu o jogo por meio de uma divulgação no podcast Ultrageek e, após se destacar duas vezes no ranking, achou que o game poderia ser utilizado como ferramenta de aprendizagem em sala de aula. Por isso, incentivou seus alunos a baixarem o aplicativo #StrikeAedes e começarem a jogar.

Estimulada pela professora, a estudante Ana Beatriz da Costa, de 13 anos, não só entrou na brincadeira – que, de forma divertida, ensina sobre o combate ao Aedes aegypti -, como também já se destacou no ranking do game três vezes, tendo sido premiada com pares de ingressos para ir ao cinema.

Estudante Ana Beatriz da Costa com sua professora de inglês, Denise Baptista.

Estudante Ana Beatriz da Costa com sua professora de inglês, Denise Baptista.

Ao responder uma pergunta erradamente no quiz, os jogadores são apresentados à alternativa correta. E foi exatamente assimilando as respostas certas a cada erro cometido que Ana Beatriz conseguiu se destacar no jogo, em que já chegou a marcar 785 pontos.

Confira, a seguir, mais imagens da atividade realizada pela campanha #StrikeAedes na Emeief Prof. João Tibúrcio Silva Filho, que contou ainda com a presença de nosso “mosquitão”. Ao contrário do verdadeiro Aedes aegypti, ele é do bem e estava por lá apenas para conscientizar as crianças e os adolescentes do colégio.

17554564_1865019567101503_330643828033210602_n

17457859_1865019487101511_9199360158918726496_n

17626362_1865019433768183_2649830658799897506_n

17626268_1865019463768180_3181265268819552083_n

IMG_0291