loading

gestão de riscos

Cioeste apresenta índice de vulnerabilidade às mudanças climáticas em seminário sobre gestão de riscos

Nos dias 9 e 10 de outubro, foi realizado na Universidade Federal do ABC o “Seminário Metropolitano sobre Governança de Riscos e Adaptação às Mudanças Climáticas”.

A equipe do Cioeste (Consórcio Intermunicipal da Região Oeste Metropolitana de São Paulo) participou do evento e teve a oportunidade de apresentar o índice de vulnerabilidade às mudanças climáticas desenvolvido para a Região Oeste Metropolitana de São Paulo.

O seminário teve como finalidade promover o debate quanto a ações, pesquisas, mapeamentos e informações que são necessários para dar suporte à estruturação do Plano Metropolitano de Adaptação às Mudanças Climáticas. O evento acontece como decorrência do PDUI-RMSP (Plano de Desenvolvimento Urbano Integrado da Região Metropolitana de São Paulo).

Instituições governamentais e de pesquisa ligadas à governança metropolitana e gestão de riscos ambientais, além de prefeituras dos municípios que fazem parte da RMSP, puderam se reunir e se articular em torno da causa. A iniciativa contou também com apoio da Câmara Temática Metropolitana de Gestão de Riscos Ambientais.

Alguns temas abordados foram os impactos das mudanças climáticas em áreas urbanas, como é o caso da Região Metropolitana de São Paulo; os desafios na gestão das águas em cenários de mudanças no clima; experiências de gestão de riscos empreendidas pela governança metropolitana no Brasil; e o índice de vulnerabilidade às mudanças climáticas engendrado pelo Cioeste.

O estudo pioneiro empreendido pelo consórcio, em parceria com o Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF), vem sendo cada vez mais reconhecido como uma medida eficiente e replicável de preparo prévio para o enfrentamento às mudanças climáticas.

A pesquisa monitorou a vulnerabilidade atual e futura de municípios que integram o Cioeste (Barueri, Carapicuíba, Cotia, Itapevi, Jandira, Osasco, Pirapora do Bom Jesus e Santana de Parnaíba) às mudanças climáticas, com o objetivo de estabelecer medidas de adaptação a tais alternâncias previstas para o clima.